Em virtude da atual situação do fornecimento de energia elétrica em nosso país e dos recentes aumentos do preço da energia elétrica, muita gente está pensando em instalar um sistema fotovoltaico (captação de energia solar e transformação em energia elétrica) em suas residências.

Um sistema assim, não só poderia ser economicamente viável, como também seria uma espécie de seguro contra eventuais cortes de energia, que, pelo andar atual da carruagem, podem pintar por aí.

Vale também a pena lembrar que, as residências que têm sistemas de condicionamento de ar instalado, tendem a consumir mais energia elétrica.

Todavia, embora muitas pessoas possam pensar nessa possibilidade, às vezes, elas não sabem por onde começar a avaliar se isto é possível e viável.

Em primeiro lugar, é importante destacar que há dois tipos principais de sistemas:

  • Sistema isolado da rede elétrica: este sistema requer cálculos específicos, pois, é necessário saber qual é o consumo da residência para fazer o correto dimensionamento do sistema e evitar eventuais faltas, quando houver um aumento eventual do consumo (dias muito quentes no verão, ou dias muito frios no inverno).
  • Sistema conectado à rede elétrica: este sistema usa a energia elétrica da rede quando for necessário e, portanto, não requer tantos cálculos. Se o sistema fotovoltaico produzir energia excedente, esta parcela é devolvida à rede de distribuição.

No primeiro caso, não haverá conta de energia elétrica a ser paga a um fornecedor. No segundo caso, há grandes descontos na conta e incentivos. De qualquer maneira, esta será a tendência futura.


Para ver os detalhes sobre as diferentes possibilidades existentes, é bom consultar uma empresa especializada e algumas delas estão disponíveis na Internet.

Se você pegar todo o custo de investimento em energia solar, somar isso com a manutenção mínima que terá ao longo de 25 anos e dividir esse valor pela energia gerada pelo sistema fotovoltaico o preço que você pagou pela energia solar é mais barato que o da rede elétrica. Outro cálculo que pode ser feito: a poupança rende em média 6% ao ano, a energia solar fotovoltaica te retorna entre 8% e 18% ao ano. E não esqueça que uma casa com sistema solar fotovoltaico ficará mais valorizada para uma possível venda.

Você gostou deste post? Você está pensando em instalar um sistema de captação de energia solar? Por favor, deixe os seus comentários no espaço a seguir.

Com informações:
eCycle 
Portal Solar 
Ciclo Vivo