Quando você entra na seção de frutas do seu supermercado, você frequentemente vê uma prateleira com bananas. Se elas tiverem sido adequadamente cuidadas, elas devem estar quase maduras, de modo que, ao serem levadas para casa, elas serão aproveitáveis durante os próximos dias. Embora elas estejam rapidamente disponíveis na maior parte dos países do mundo, as bananas tipicamente crescem em regiões que estão a alguns milhares de quilómetros do seu mercado. Sabendo disso, você pode imaginar como elas são levadas até você em condições consistentemente perfeitas. A rápida resposta é que a Carrier é especialista em transporte e em refrigeração comercial.

Com mais de 15 milhões de toneladas métricas movidas globalmente por ano, as bananas são a fruta número um em exportação no mundo. As bananas são colhidas antes de amadurecer, enviadas por navios e mantidas verdes até chegarem ao seu destino. Isto demanda um controle preciso do ambiente durante a viagem, para garantir que elas cheguem ao consumidor em prefeito estado de amadurecimento.

Desde que elas saem do pé, elas ficam expostas ao risco de estragar, se não forem mantidas a temperaturas entre 12 e 14°C, com uma umidade relativa do ar entre 90 e 95%. Qualquer desvio destas temperaturas e graus de umidade pode seriamente prejudicar a qualidade de toda uma carga. Se as bananas ficarem quentes demais, elas amadurecerão muito depressa; se ficarem num local muito frias, elas desenvolverão pintas escuras ou simplesmente não amadurecerão.

Durante o transporte oceânico, os containers refrigerados PrimeLINE® da Carrier protegerão as delicadas bananas, mantendo uma temperatura e umidades precisos, bem como a circulação do ar. As unidades PrimeLINE® também oferecem uma maior eficiência energética, fazendo esta tecnologia ser a preferida pelos maiores plantadores e transportadores de bananas do mundo. E agora, as novas unidades NaturaLINE™ podem executar essa tarefa com uma redução de 35% de carbono, em comparação com as unidades de linha.

Enquanto que a solução de refrigeração de containers da Carrier mantém as bananas na maturação de pico até chegar ao porto, a sua jornada não termina aí. As unidades Vector™ e Pulsor™, com tecnologia E-Drive™ toda elétrica da Carrier mantêm as condições necessárias nos caminhões e em pequenos veículos comerciais para um transporte terrestre seguro, calmo e eficiente até os atacadistas e varejistas.


Mesmo após as bananas chegarem aos mercados, o trabalho da Carrier ainda não terminou. O nosso equipamento de refrigeração comercial CO2OLtec™ mantém as bananas numa temperatura constante de 17°C, para garantir que elas continuem frescas até amadurecerem.

Com jornadas de semanas de duração no mar e em terra, as bananas passam por vários ambientes refrigerados diferentes. Para garantir a consistência da cadeia refrigerada, e ultimamente o grau de amadurecimento, a jornada pode ser rastreada usando o dispositivo de monitoramento de temperatura Sensitech da Carrier, que eventualmente pode indicar se e onde, na cadeia de suprimento, alguma coisa que afetou a qualidade pode ter acontecido.

Garantir que a fruta mais transportada do mundo esteja em prefeitas condições ao chegar ao consumidor requer um processo cuidadosamente orquestrado e monitorado de perto. Com especialização sem paralelo, a Carrier desempenha um papel crítico em cada passo do caminho.

Fonte: Carrier

Edição e Tradução: Fernando B. T. Leite