Este moderno apartamento Leopoldo em São Paulo é um esplêndido exemplo do uso criativo de um espaço muito pequeno (45 m2), pelo arquiteto Maurício Karam. O uso de paredes espelhadas expande visualmente esta residência, que parece muito maior do que é, embora o apartamento tenha sido realmente reinventado pela retirada de algumas paredes, criando um plano de espaço aberto. Com muita sensação de “estúdio”, este apartamento mistura áreas de dormir e “living room”, que então segue sem problemas até a área refeitório, com pisos laminados que ligam todas as áreas. Portas de correr levam a um terraço, que oferece um lugar para sentar e relaxar, além de apreciar belas vistas, enquanto, ao mesmo tempo, banha a área de estar com maravilhosa luz natural.

Um elemento que ajuda não apenas a delinear os ambientes, mas também para torna-los caseiros e acolhedores é o uso das cores. As áreas públicas centrais do apartamento são ligadas através de uma paleta de cinzas e brancos, seguindo uma parede com grãos de madeira. Note o aspecto limpo e eficiente da cozinha, com armários embutidos e aparelhos em aço inoxidável. Veja também o branco atrás da pia, bem iluminada por luzes indiretas. Um azul frio e profundo nas cortinas tem eco mais sutil numa espreguiçadeira; acessórios em rosa, amarelo e vermelho real aquecem a paleta neutra. Um toque dourado e de mármore numa pequena mesa e um borrifo de água numa almofada são outras injeções de cor, que criam o espaço. O apartamento é compacto, eficiente, sóbrio e moderno – e ainda assim, passa a sensação de um lar confortável.













Gostou? Deixe um comentário! :-)

Fonte: Stylisheve